Páginas

Seguidores

terça-feira, 23 de abril de 2013

Por Adilson Adalberto "Soneto: a vida sem você não tem graça"


"Soneto: a vida sem você não tem graça" 
 Sinto que o nosso amor já não é mais o mesmo...
 Do fogo que havia entre nós... 
 Hoje só restou gravetos.
 Já não tremes na base quando te abraço..
. Nem te excitas quando te beijo...
 Quando eu te vejo, não consigo mais pensar em nada.
 Você tem o dom de me deixar sem palavras, de me tirar do sério. 
 Tu és o meu sonho de infância é tudo que anelo...
 Sem você eu não vivo, vegeto. 
 Você é meu pão de mel, minha luz...
 Meu caminho. 
 Minha estrada minha branca de neve, na terra encantada... 
Por você largo tudo, sem você não sou nada. 
 Pareço um sapato velho, trocado por outro de marca... 
Que sente falta dos pés, que outrora lhe castigava... 
 Assim sou eu sem você, te amo gata. 
 Adilson A. da Silva.

Um comentário:

  1. Esse soneto é de mina autoria! Também sou um escritor a caminho da literatura e do sucesso!Se você também é escritor, venha fazer parte desse grupo, que constantemente cresce!Aqui você consegue reconhecimento, seu trabalho para o mundo todo aparece!Se você escreve, e tem o sonho de publicar um livro, não perca mais chances, aqui o seu reconhecimento é certo! Procure por Maria José dos Santos, e não esquente com o resto! Nos vemos lá, abraços e até breve!

    ResponderExcluir