Páginas

Seguidores

segunda-feira, 8 de abril de 2013

As Reflexões de Walter Leite Castro. Sabedoria dos Mestres.

Para pensar !
Walter Leite Castro.
Qual a diferença entre autoestima e aprovação ? O que é autoestima ? autoestima é a pessoa gostar de si mesmo pelo que ela é ; não precisa de nenhum fator externo para que ocorra este ato de gostar de si mesmo, porque a autoestima é fruto de uma plena aceitação de si mesmo, de suas qualidades e de seus defeitos . o processo da autoestima é um processo consciente ,é ponderado, equilibrado , não pode ser confundido com arrogância, narcisismo , que são defeitos graves. Portanto a autoestima não é uma qualidade herdada geneticamente , ou adquirida por pura sorte ; não a autoestima vem de um processo de educação respeitosa e equilibrado, desde o nascimento os pais vão educando sem cometer abusos, ensinando limites sem machucar , combatendo as atitudes erradas da criança , mas jamais a própria criança. Desta forma a criança recebendo amor e disciplina vai aprendendo a gostar de si mesmo, a se aceitar, a se respeitar desde a primeira infância É importante entendermos que permissividade , não corrigir falhas , super proteção são formas de abusos tão nefastos como os espancamentos , as agressões verbais e físicas .Crianças sem limites se transformam em sociopatas, infratores;criança super protegidas são transformadas em pessoas medrosas dependentes afetivos que viverão a vida buscando protetores , e se transformam em seres fracos , derrotados ; crianças abusadas fisicamente e moralmente se transformam em revoltados , em seres anti sociais , agressivos e futuros abusadores da sociedade. Eis a a gênesis da formação ética e moral das pessoas. Do exposto fica evidenciado a importância do amor , do respeito , da aceitação , da disciplina no processo de educação das crianças , pois, crianças que nos primeiros dois anos de vida não foram amadas sentirão primeiro uma imensa raiva e culpa porque só pode ser culpa dela não ter recebido amor dos pais , com certeza ela deveria ter algum defeito grave; neste momento é formado um imenso buraco na alma desta criança e o resto de sua vida vai ser focado em encher tal buraco em sua alma . Pessoas que receberam este tratamento na infância primeiro terão uma imensa raiva de si mesmo e dos seus pais e com certeza suas vidas serão marcadas pela busca de um salvador, de uma pessoa que vai preencher este imenso buraco em sua alma porque elas não foram ensinadas a gostarem de si mesmo, e por isso não têm autoestima. A necessidade de aprovação é uma estratégia da criança mau amada, abusada, negligenciada, para preencher o imenso buraco em sua alma; ela vai buscar substituir o amor que não recebeu por aprovação ; assim tudo na vida desta pessoa sem autoestima vai se constitui em busca de aprovação, que neste caso funcionará como uma droga altamente viciante. Pessoas viciadas em aprovação são pessoas que na vida querem ser o primeiro em tudo, , têm um imenso desejo de ser o número em tudo em sua vida. Uma desaprovação , uma rejeição para este tipo de pessoa é caótica , paralisante ; pessoas com estas características quando rejeitadas , negadas tornam-se violentas , agressivas e são capazes de cometerem crimes violentos causando um imenso dano a si mesmo e a sociedade. Respondendo a pergunta :qual a diferença entre autoestima e aprovação, acreditamos que já respondemos ao definirmos as duas situações , mas afirmamos que pessoas oriundas de lares equilibrados, funcionais, que foram educadas , amadas e respeitadas têm autoestima se aceitam , enquanto pessoas que vêem de lares disfuncionais, desequilibrados , que sofreram abusos, não receberam amor na hora certa, são pessoas revoltadas , que não se aceitam ,não gostam de si mesmo e precisam constantemente da aprovação para preencherem o imenso buraco em sua alma. Eis a diferença.

Para pensar!
 Walter Leite Castro
 O importante é Ser ou parecer ? Antes de responder o questionamento, se faz necessário um entendimento do Ser a nível filosófico; na filosofia indiana do século IX A. C já se abordava o assunto ;mas no ocidente este tema foi abordado por Parmenides e esse debate filosófico percorreu os séculos até nossos dias .Portanto o Ser é um dos conceitos fundamentais da filosofia ocidental , segundo a Wikipédia enciclopédia livre, a palavra Ser assume um dos significados: 1) Existência- para exprimir o fato que determinada coisa existe . Por exemplo:A erva é existe , mas o unicórnio é ( pelo menos na fantasia de quem pensa nele). 20 Identidade-para exprimir o fato que determina que a coisa existe . Por exemplo:os franceses são habitantes da França e Humberto Eco autor de o nome da rosa. 3) Predicação - para exprimir uma propriedade de determinado objeto . Por exemplo: maçã é vermelha. Portanto o Ser pode designar : existir , identidade e predicação ; desta forma analisando a pergunta base do tema se observa uma confrontação mesmo que velada entre Ser e não Ser, pois parecer Ser é não Ser e segundo Livia C Balus : " A distância o Ser e o quase Ser é imensurável". Assim , agora a pergunta foi transformada na seguinte : O importante é Ser ou não- Ser ? Antes de responder é fundamental o entendimento de não Ser; segundo Wikipédia enciclopédia livre o não- Ser é : " O não Ser é um dos maiores problemas da filosofia . Todas as nossas categorias , toda nossa linguagem está voltada para o Ser , e por isso chegamos a problemas quando tentamos compreender e falar do não Ser. O que é o não- Ser ?Aparentemente não como responder à pergunta , pois a mesma parece não ter sentido . Não- Ser é sinônimo de "o . que não é. Assim a pergunta pode ser entendida com " o que é o que não é" ?Parece que não podemos tratar diretamente do não Ser , pois não podemos dizer que é coisa alguma , nem que ele é o não- Ser.Apesar desses problemas o silêncio sobre o não- Ser não é uma boa opção pois tratamos do não- Ser costumeiramente , e não entendemos quando fazemos isso. Quando lemos em um quadro ," Isto não é cachimbo " recebemos uma mensagem significativa". Portanto, pela definição observo que o Ser representa o que é , a existência real , a verdade , enquanto o não Ser representa representa o que não é ,nada ; Avaliando a pergunta o importante é Ser e não Ser ? de cara , sem pestanejar afirmo que o Ser é mais importante significativo; mas observando a pergunta em um fundo significativo, que é o das relações sociais , agora este novo cenário vem demonstrar efetivamente o contrario ,pois é do conhecimento de todos que nas relações pessoais normalmente é utilizado a máscara para esconder determinadas deficiências, assim os relacionamentos humanos ocorrem entre dois , ou vários , muitos , infinitos, não Ser , ou seja , a mentira se apresenta como verdade . Assim nas relações interpessoais o importante não ser ,as parecer . Por exemplo:A pessoa não precisa Ser inteligente ; honesta; competente; religiosa; rica; etc; basta aparentar , eis a verdade, os fatos. Não obstante esta mentira nas relações inter pessoais , acredito que o bom mesmo é Ser efetivamente , e não parecer , porque só com a verdade do Ser em sua totalidade, que a integridade, congruência passa a se manifestar em sua totalidade, tal fato produzirá uma qualidade vida exuberante, uma tranquilidade , paz de espirito além de uma autoridade natural . Ademais, a vida sem a dicotomia entre verdade e mentira é mais produtiva em todos os aspectos , desta forma afirmo sem medo de errar que o importante é Ser . O parecer apesar de ser utilizado em quase todos relacionamentos representa a falência do caráter e a autofagia do espirito. Walter Leite Castro Para pensar ! Liberdade do medo É possível para a mente esvaziar-se totalmente do medo? O medo de qualquer tipo gera ilusão; ele torna a mente estúpida, superficial. Onde existe medo obviamente não existe liberdade, e sem liberdade não existe absolutamente amor. E a maioria de nós tem alguma forma de medo, medo do escuro, medo da opinião pública, medo de serpentes, medo da dor física, medo da velhice, medo da morte. Temos literalmente inumeráveis medos. E é possível ficar completamente livre do medo? Podemos ver o que o medo faz com cada um de nós. Faz a pessoa dizer mentiras; corrompe a pessoa de várias maneiras; torna a mente vazia, superficial. Existem cantos escuros na mente que nunca podem ser investigados e expostos enquanto a pessoa está amedrontada. A autoproteção física, o impulso instintivo de se ficar longe da cobra venenosa, de se afastar do precipício, de evitar cair sob o bonde, e assim por diante, é sensato, normal, saudável. Mas estou falando da autoproteção psicológica que faz a pessoa ter medo de doença, da morte, de um inimigo. Quando procuramos realização sob qualquer forma, seja pela pintura, pela música, pela relação, ou o que você quiser, sempre existe medo. Então, o importante é estar cônscio de todo este processo da pessoa, observar, aprender sobre ele, e não perguntar como se livrar do medo. Quando você quer meramente se livrar do medo, encontrará meios e modos de fugir dele, e assim, nunca pode estar livre do medo .Krisnarmuti.

 Walter Leite Castro Para pensar!
A porta da compreensão Você não pode varrer o medo sem compreender, sem de fato ver a natureza do tempo, que significa pensamento, que significa palavra. Daí surge a pergunta: Existe um pensamento sem palavra, existe um pensar sem a palavra, que é memória? Senhor, sem ver a natureza da mente, o movimento da mente, o processo de autoconhecimento, meramente dizer que devo me libertar dele, tem muito pouco significado. Você tem que pegar o medo no contexto da totalidade da mente. Para ver, para entrar nisto tudo, você precisa de energia. A energia não vem por comermos; isso é parte da necessidade física. Mas ver, no sentido em que estou usando a palavra, requer uma enorme energia; e essa energia é dissipada quando você fica lutando com palavras, quando está resistindo, condenando, quando você está cheio de opiniões que o impedem de olhar, ver; sua energia vai toda embora nisso. Assim, na consideração desta percepção, deste ver, outra vez você abre a porta. J. Krishnamurti, The Book of Life

5 comentários:

  1. Para quem gosta de leitura e aprender nas meditações esse texto do Walter é uma excelente, reflexão para a alma.
    Ilumina a mente e abre horizontes.
    Parabéns mais uma vez, pela forma que busca orientações para quem realmente gosta de aprender.
    Abraços

    ResponderExcluir
  2. Obrigada,minha amiga com eu sempre digo, ser sábios não nos faz sábios, mas ouvir os sábios nos torna sábios.
    Um grande abraço e mas uma vez muito obrigada por estar comigo.

    ResponderExcluir
  3. Amiga gostaria de saber como publicar um livro do meu blog para pensar! quais os procedimentos e custo inicial e quem é sério neste mercado? abraço Walter Leite

    ResponderExcluir
  4. Oi meu amigo seja sempre bem vindo!
    Entra em contato comigo através do meu e-mail autoramaria @gmail.com
    Vamos conversar diretamente, eu já havia te feito um convite na comunidade "Senso Crístico" está lembrado? Te disse oque acharia na possibilidade de tornar seus textos em um livro.
    Aguardo seu contato.
    Um grande abraço.

    ResponderExcluir