Páginas

Seguidores

terça-feira, 13 de agosto de 2013

Por Walter Leite Castro "Poder e dominação"


Para pensar !

Poder e dominação para Miche Focault! Para Focault : "O poder é uma relação ,não é uma coisa". Focault pensador, psicólogo, filósofo irrequieto , tentou o suicídio várias vezes.Contestou frontalmente os hospícios, onde serviam para ocultar os gritos dos loucos,desocupados, excêntrico, que eram excluídos da sociedade, . Portanto,foi um questionador, professor , conferencista, que faleceu aos cinquenta e sete anos no auge de sua produção intelectual. Mas, ele não via o poder como algo centralizador , através de um chefe poderoso dominador, ele observava o poder como relações cotidianas na vida social. Assim, para Focault o poder não tem um rosto, ele é amplo ,vasto ninguém escapa de seus tendões poderosos, as pessoas, os políticos, os intelectuais, a própria estrutura política, o estado. Desta forma poder é relacional, ou seja, é aplicado fundamentalmente através das relações.Assim , uma placa não pise na grama, não tem um rosto,não tem uma autoridade ao lado da placa, mas as pessoas obedecem, da mesma forma uma câmara é uma de demonstração da difusão da autoridade.Então o que ocorreu em relação ao poder?podemos dizer que ocorreu um deslocamento do estado político tradicional para as relações, onde o próprio estado é atingido pelo poder. Eis, um poder sem poderoso.Dominados sem dominadores, isto representa que poder não é uma coisa, então podemos concluir que o que existe realmente são práticas de poder nas mais diversas teias de relacionamento social.Portanto é interessante observar como uma informação social , um discurso se robustece passa a ter cunho de verdade, portanto transforma-se em prática de poder,isto é constante em nossa sociedade moderna . Desta o forma em todo segmentos da estratificação social,existe práticas de poder, é inevitável.Como podemos comprovar nesta citação:"O poder deve ser analisado como algo que circula, ou melhor, como algo que só funciona em cadeia. Nunca está localizado aqui ou ali, nunca está nas mãos de alguns, nunca é apropriado como uma riqueza ou um bem. O poder funciona e se exerce em rede. Nu suas malhas os indivíduos não só circulam, mas estão sempre em posição de exercer esse poder e de sofrer sua ação, nunca são o alvo inerte ou consentido do poder, são sempre centros de transmissão." ("Soberania e disciplina", in Microfísica do poder. p. 183). Destarte, fica efetivamente coerente com o dinamismo social está em constante transformação ,modificação,por isso todos exercem , sofre ação do poder, todos sem exceção.

Nenhum comentário:

Postar um comentário