Páginas

Seguidores

sábado, 11 de maio de 2013

"A virtude da humildade" Por Maria José

"A virtude da humildade" 
Um homem pode ser humilde sem se tornar alvo de humilhações? 
A humildade deixa as criaturas sem auto-estima? 
Por vezes, quando exaltamos a humildade, há pessoas que duvidam da excelência dessa virtude e acreditam que ser humilde é o caminho mais rápido para ser pisoteado pelos orgulhosos e poderosos. 
Não é exatamente assim.
 Quando Jesus nos ensinou sobre a humildade, disse que os pobres de espírito são bem-aventurados porque teriam o Reino dos Céus. 
Mas atenção: pobre de espírito não significa, em hipótese alguma, ser pequeno de idéias ou uma pessoa de espírito inferior.
 Ao contrário, ser pobre de espírito significa simplesmente ser humilde, carregar dentro do peito um coração capaz de não se envaidecer facilmente.
 Ser pobre de espírito representa a conquista de um estado espiritual que não cede espaço para manifestações de egoísmo. 
Ser pobre de espírito é buscar um estado espiritual sem orgulho, sem soberba, sem vaidade. 
Você já notou que há pessoas que se acham superiores às demais? Essas acreditam que Deus deveria lhes conceder privilégios e condições especiais. 
Esquecem que Deus é Pai de todas as criaturas, que faz nascer o sol sobre bons e maus, e faz cair
Sua chuva sobre justos e injustos. 
Somos todos Seus filhos queridos e nenhum de nós se perderá. 
O pobre de espírito é aquele que é capaz de olhar para todos os seres humanos como seus irmãos.
 É um homem de bem, asserenado pela certeza de que todas as pessoas são profundamente interessantes e dignas de respeito. 
A pessoa verdadeiramente humilde não se considera superior, nem inferior a ninguém, pois vê em todos um universo de inteligência e de beleza.
 Por isso, o humilde não discrimina, nem maltrata qualquer pessoa.
 Para ele, ricos e pobres, inteligentes e obtusos, bons e maus são, antes de tudo, filhos de Deus. 
As diferenças são decorrentes apenas de seu estágio intelectual e moral. 
Um homem assim é sábio e, certamente, vive tranqüilo. 
O homem verdadeiramente humilde não se orgulha de seus bens, de sua riqueza, de seu patrimônio intelectual ou de sua boa aparência. 
E age assim porque sabe que tudo é passageiro na vida terrena.
 Ao deixarmos esse mundo, ficarão para trás todos os bens materiais, o corpo físico. 
Além disso, bem antes da morte, a vida já vai nos mostrando que estamos em um mundo onde as coisas são profundamente transitórias. 
Para quem é belo e jovem, vale lembrar que o corpo envelhece. 
Para os que têm saúde, é sábio recordar que as doenças podem vir a qualquer momento. 
Os que se orgulham de riquezas e de uma boa posição social devem observar que tudo isso lhes pode ser retirado a qualquer momento.
 Os que têm trabalho ou ocupam altas funções também devem ter em mente que podem perder tais cargos a qualquer momento.
Por isso, vale a pena, em qualquer situação, oferecer o melhor de si a todos, indiscriminadamente. 
O homem humilde é o mesmo em todas as ocasiões. Se está em situação desfavorável, conserva-se tranqüilo e não se sente inferiorizado, pois conhece suas potencialidades. 
Se vive em condições confortáveis, busca vivenciar a solidariedade, a alegria, o bom humor e a tolerância.
É assim que se constrói um futuro de alegria e realização.








Por Maria José "Poema das Mães"

“POEMA DAS MÃES”
MÃE....
Palavras, lindas, doce e mais singela...
Tal qual a mais bela flor dos nossos jardins floridos...
Dos campos a imensidão sem fim...
Dos céus a mais linda estrela brilhante...
Que reluz o mais puro amor ao filho amado por seu infinito amor...
 Do mundo o nosso mais valioso cristal...
Das riquezas o nosso maior diante...
Mãe é mais linda gota D’água derramada em nossos corações...
Que banha nossa alma refletindo o verdadeiro amor maternal...
 Mãe em nenhum momento de sua existência deixa de te de amar...
Mesmo que esteja junto ao Deus sempre estarás em meu coração...
Em minha memória eternamente...
Parabéns a você mamãezinha...
A mais bela rainha que pro céu Deus já LEVOU...
O dia das mães já está chegando...
Todo mundo o presente comprar...
 Porém eu não posso dizer minha mãe querida vim ofertar...
 Nesta data bonita que temos...
 Vou direto a capela rezar...
Ofereço um buquê de rosas para casa tenho que voltar...
 A vocês que tem suas mães..
 Dedique-lhe muita atenção...
 De a ela amor e carinho...
Porque isto é tão pouquinho para um grande coração.
 Autoria Maria José dos Santos Ferreira.

"Mãe... Mamães" Por José Ignácio Godoy





MÃE... MAMÃES. 
 Mãe é, Fada e rainha, soberana das favelas, Aos castelos! 
Mãe é, Preta branca ou amarela...
 Mãe postiça, 
Adotiva ou adotada, 
Não importa que mãe seja,
 Sempre será a musa encantada de todas as saudades! 
 Mulher suave e venturosa é você mamãe...
 Guardiã da vida, embala sonhos carinhando o ventre, 
Mãe palavrinha pequena, três letras apenas 
Mãe ternura indefinível és candura inefável! 
 Ser mãe é guardar a magia do amor, 
Na ponta dos dedos em mil caricias...
 Aveludar a voz com ternura ou virar leoa, 
Para defender seus filhos com bravura! 
 Mãe, mamãe, sorriso certo e abraço garantido,
 Seu colo é um porto seguro nas horas incertas... 
Obrigado mulher e heroína, obrigado mãezinhas, 
Por gerarem no ventre a vida e nos seus seios manar leite,
 E acolhida para a nova vida! 
 Parabéns mamães, 
E felizes sejam todos os dias de suas vidas! 
 José Ignácio Godoy Bruxo Godoy

Por Walter Leite Castro "Dias das mães"

Por Walter Leite Castro
Para Pensar! 
 Dia das mãe! 
Vivemos mais um dia das mães, o comercio comemora o aquecimento das vendas e ao mesmo tempo culpas que queimam são adormecidas com um presente supimpa! mas durante o resto do ano a falta de atenção , a falta de tempo passa a ser a tônica da vida de relação entre mãe e filhos; O desamor , a indiferença , passam a comandar os relacionamentos. Não quero ser um estraga prazer; mas a guisa de provocação filosófica elaboro este pequeno texto objetivando confrontar as pessoas com suas má fé, ou seja, com a mentira que estão contando para si;assim, como está seu amor efetivo, aquele amor traduzido em ação durante este ano? Quantas horas dedicou a sua mãe apenas para ouvi-la, acarinha-la sem pressa, sem nenhum desejo secundário? Durante os últimos trinta dias qual a ação afetiva produzida com naturalidade? como manifesta seu amor, gratidão por sua mãe? Poderia continuar perguntando indefinidamente ; mas estas são suficientes para balizar este texto. Portanto, mesmo sendo um dia bonito, festejado, o dia das mães é uma jogada comercial objetivando ampliar, aquecer a venda do comércio, porque realmente este dia se resume fundamentalmente em uma estratégia de marketing. Contudo, acredito nas boas intenções e na sinceridade das homenagens; apenas acho muito pouco : um dia de carinho , atenção e trezentos e sessenta e quatro dias de indiferença, pois a vida é corrida e ninguém tem tempo. Amigos , não sou contra este dia comemorativo, apenas estou refletindo e avaliando o que vêm por traz desta data , que é a venda e o lucro. Acredito que o maior presente não tem preço caro, não se encontra a venda nas lojas, e sua carteira não perderá um Real para adquirir tal presente; então surge de forma ávida qual o presente e onde adqui-lo? amigo , o presente é trezentos e sessenta e cinco dias de atenção, amor, compreensão e de fato partilhar sua vida com aquela que te colocou no mundo. Sim trezentos e sessenta e cinco dias de amor, atenção. O interessante que quando a pessoa ofertar realmente esta dádiva ,verá a que ao colocar em prática o amor e atenção diária a sua mãe , sua vida será amplamente preenchida de luz, e a culpa não fará mais ninho em seu coração. Portanto amigo importante é o amor diário, constante , sem interesse , apenas agradece-la pelo o maravilhoso dom que é sua vida; Após este presente você poderá sem culpa vivenciar este dia mercantilista. 
Mãe receba esta pequena homenagem .