Páginas

Seguidores

domingo, 16 de junho de 2013

Texto Origina de Erivan Oliveira Pernafinacorredeira



3 Questõezinhas para reflexão: 

1ª Questão: SE ENTRE OS HEBREUS ERA PROIBIDO ENTRAR EM CONTATO COM OS 'MORTOS' (ESPÍRITOS), POR QUE MOISÉS CONCORDOU EM QUE ELDADE E MEDADE O FIZESSEM, A TÍTULO DE PROFETIZAR, E AINDA AFIRMOU QUE BOM SERIA SE TODO O ISRAEL TAMBÉM PROFETIZASSE COMO ELES? Se não, vejamos: (Nm 11:24-29) 24 E saiu Moisés, e falou as palavras do SENHOR ao povo, e ajuntou setenta homens dos anciãos do povo e os pôs ao redor da tenda. 25 Então o SENHOR desceu na nuvem, e lhe falou; e, tirando do espírito, que estava sobre ele, o pôs sobre aqueles setenta anciãos; ee aconteceu que, quando o espírito repousou sobre eles, profetizaram; mas depois nunca mais. 26 Porém no arraial ficaram dois homens; o nome de um era Eldade, e do outro Medade; e repousou sobre eles o espírito ( porquanto estavam entre os inscritos, ainda que não saíram à tenda ), e profetizavam no arraial. 27 Então correu um moço e anunciou a Moisés e disse: Eldade e Medade profetizam no arraial. 28 E Josué, filho de Num, servidor de Moisés, um dos seus jovens escolhidos, respondeu e disse: Moisés, meu senhor, proíbe-lho. 29 Porém, Moisés lhe disse: Tens tu ciúmes por mim? Quem dera que todo o povo do SENHOR fosse profeta, e que o SENHOR pusesse o seu espírito sobre ele! 2ª Questão: SE ENTRE ELES ERA IGUALMENTE PROIBIDO ADIVINHAR, POR QUE ENTÃO JOSÉ SE TORNOU UM HERÓI NACIONAL, AO ADIVINHAR SONHOS, COMO O DO FARAÓ, POR EXEMPLO, ATRAVÉS DO QUE VIROU VICE-REI DO EGITO (Estranhamente não é mencionado o nome do faraó que o teria tornado vice-rei por antecipação ao adivinhar-lhe o sonho) Se não vejamos: (Gn 41:17-32) 17 Então disse Faraó a José: Eis que em meu sonho estava eu em pé na margem do rio, 18 E eis que subiam do rio sete vacas gordas de carne e formosas à vista, e pastavam no prado. 19 E eis que outras sete vacas subiam após estas, muito feias à vista e magras de carne; não tenho visto outras tais, quanto à fealdade, em toda a terra do Egito. 20 E as vacas magras e feias comiam as primeiras sete vacas gordas; 21 E entravam em suas entranhas, mas não se conhecia que houvessem entrado; porque o seu parecer era feio como no princípio. Então acordei. 22 Depois vi em meu sonho, e eis que de um mesmo pé subiam sete espigas cheias e boas; 23 E eis que sete espigas secas, miúdas e queimadas do vento oriental, brotavam após elas. 24 E as sete espigas miúdas devoravam as sete espigas boas. E eu contei isso aos magos, mas ninguém houve que mo interpretasse. 25 Então disse José a Faraó: O sonho de Faraó é um só; o que Deus há de fazer, mostrou-o a Faraó. 26 As sete vacas formosas são sete anos, as sete espigas formosas também são sete anos, o sonho é um só. 27 E as sete vacas feias à vista e magras, que subiam depois delas, são sete anos, e as sete espigas miúdas e queimadas do vento oriental, serão sete anos de fome. 28 Esta é a palavra que tenho dito a Faraó; o que Deus há de fazer, mostrou-o a Faraó. 29 E eis que vêm sete anos, e haverá grande fartura em toda a terra do Egito. 30 E depois deles levantar-se-ão sete anos de fome, e toda aquela fartura será esquecida na terra do Egito, e a fome consumirá a terra; 31 E não será conhecida a abundância na terra, por causa daquela fome que haverá depois; porquanto será gravíssima. 32 E que o sonho foi repetido duas vezes a Faraó, é porque esta coisa é determinada por Deus, e Deus se apressa em fazê-la. *PERGUNTO: ISSO NÃO É ADIVINHAÇÃO? 3ª Questão: DANIEL NÃO SÓ ADIVINHOU O SONHO DO REI NABUCODONOSOR II, DA BABILÔNIA, MAS TAMBÉM O INTERPRETOU Se não, vejamos: (Dn 2:26-49) 26 Respondeu o rei, e disse a Daniel ( cujo nome era Beltessazar ): Podes tu fazer-me saber o sonho que tive e a sua interpretação? 27 Respondeu Daniel na presença do rei, dizendo: O segredo que o rei requer, nem sábios, nem astrólogos, nem magos, nem adivinhos o podem declarar ao rei; 28 Mas há um Deus no céu, o qual revela os mistérios; ele, pois, fez saber ao rei Nabucodonosor o que há de acontecer nos últimos dias; o teu sonho e as visões da tua cabeça que tiveste na tua cama são estes: 29 Estando tu, ó rei, na tua cama, subiram os teus pensamentos, acerca do que há de ser depois disto. Aquele, pois, que revela os mistérios te fez saber o que há de ser. 30 E a mim me foi revelado esse mistério, não porque haja em mim mais sabedoria que em todos os viventes, mas para que a interpretação se fizesse saber ao rei, e para que entendesses os pensamentos do teu coração. 31 Tu, ó rei, estavas vendo, e eis aqui uma grande estátua; esta estátua, que era imensa, cujo esplendor era excelente, e estava em pé diante de ti; e a sua aparência era terrível. 32 A cabeça daquela estátua era de ouro fino; o seu peito e os seus braços de prata; o seu ventre e as suas coxas de cobre; 33 As pernas de ferro; os seus pés em parte de ferro e em parte de barro. 34 Estavas vendo isto, quando uma pedra foi cortada, sem auxílio de mão, a qual feriu a estátua nos pés de ferro e de barro, e os esmiuçou. 35 Então foi juntamente esmiuçado o ferro, o barro, o bronze, a prata e o ouro, os quais se fizeram como pragana das eiras do estio, e o vento os levou, e não se achou lugar algum para eles; mas a pedra, que feriu a estátua, se tornou grande monte, e encheu toda a terra. 36 Este é o sonho; também a sua interpretação diremos na presença do rei. 37 Tu, ó rei, és rei de reis; a quem o Deus do céu tem dado o reino, o poder, a força, e a glória. 38 E onde quer que habitem os filhos de homens, na tua mão entregou os animais do campo, e as aves do céu, e fez que reinasse sobre todos eles; tu és a cabeça de ouro. 39 E depois de ti se levantará outro reino, inferior ao teu; e um terceiro reino, de bronze, o qual dominará sobre toda a terra. 40 E o quarto reino será forte como ferro; pois, como o ferro, esmiúça e quebra tudo; como o ferro que quebra todas as coisas, assim ele esmiuçará e fará em pedaços. 41 E, quanto ao que viste dos pés e dos dedos, em parte de barro de oleiro, e em parte de ferro, isso será um reino dividido; contudo haverá nele alguma coisa da firmeza do ferro, pois viste o ferro misturado com barro de lodo. 42 E como os dedos dos pés eram em parte de ferro e em parte de barro, assim por uma parte o reino será forte, e por outra será frágil. 43 Quanto ao que viste do ferro misturado com barro de lodo, misturar-se-ão com semente humana, mas não se ligarão um ao outro, assim como o ferro não se mistura com o barro. 44 Mas, nos dias desses reis, o Deus do céu levantará um reino que não será jamais destruído; e este reino não passará a outro povo; esmiuçará e consumirá todos esses reinos, mas ele mesmo subsistirá para sempre, 45 Da maneira que viste que do monte foi cortada uma pedra, sem auxílio de mãos, e ela esmiuçou o ferro, o bronze, o barro, a prata e o ouro; o grande Deus fez saber ao rei o que há de ser depois disto. Certo é o sonho, e fiel a sua interpretação. 46 Então o rei Nabucodonosor caiu sobre a sua face, e adorou a Daniel, e ordenou que lhe oferecessem uma oblação e perfumes suaves. 47 Respondeu o rei a Daniel, e disse: Certamente o vosso Deus é Deus dos deuses, e o Senhor dos reis e revelador de mistérios, pois pudeste revelar este mistério. 48 Então o rei engrandeceu a Daniel, e lhe deu muitas e grandes dádivas, e o pôs por governador de toda a província de Babilônia, como também o fez chefe dos governadores sobre todos os sábios de Babilônia. 49 E pediu Daniel ao rei, e constituiu ele sobre os negócios da província de Babilônia a Sadraque, Mesaque e Abednego; mas Daniel permaneceu na porta do rei. PERGUNTO: SE JESUS CERTA FEITA ASSEVEROU QUE DEUS FARIA DERRAMAR O SEU ESPÍRITO SOBRE TODA A CARNE, DE SORTE QUE "OS VOSSOS FILHOS E AS VOSSAS FILHAS PROFETIZARÃO, E OS VOSSOS VELHOS TERÃO VISÕES", POR QUE SE DEIXAR ORIENTAR PELO SURRADO CATECISMO DO VELHO TESTAMENTO, PELO QUAL SÓ OS 'JU-DEUSES' PODEM TER ACESSO A ESSES CARISMAS, OU DONS ESPIRITUAIS, COMO DIRIA PAULO DE TARSO EM SUA MISSIVA AOS CORÍNTIOS? *Obs.: Os versículos acima carecem do fundamentação historiográfica, de vez que, se, de fato, Daniel foi feito "governador de toda a província de Babilônia", "como também chefe dos governadores sobre todos os sábios de Babilônia", não há de como explicar as três derrotas inflingidas ao povo judeu, ao tempo de Daniel, ocasião em que foram deportados para a Babilônia, e somente foram libertados por Ciro, o grande, o rei persa que derrotou o império babilônio e permitiu que os judeus retornassem à sua terra. Curioso é também notar que, se, por um lado, Ciro estimulou a reconstrução do templo de Israel, e por isso foi ungido (feito messias) por Jeová e seu povo, por outro lado há provas (os cilindros de Ciro) de que o rei persa também fez prece ao deus babilônio Marduk, pedindo força para ele e seu filho Cambises. Mas, ao que parece, Jeová, que já havia dito ser um deus ciumento, não ficou nem um pouco enciumado com esse gesto do rei Ciro. É de se perguntar: Isto não é um tanto estranho, entre tantas estranhezas, como por exemplo, o fato de Nabucodonosor não ter querido esperar para ver se as coisas seriam conforme Daniel as previu?

Erivan Oliveira Pernafinacorredeira

Por Adilson Adalberto Silva "Me apaixonei por esse seu olhar"

Me apaixonei por esse seu olhar.
 Teu olhar é semelhante a uma luz que brilha, um farol que me guia em alto mar, tem um quê de mistério, às vezes sorridente às vezes mais sério, é o que mais eu anelo, o que mais me atrai em ti, me leva ao céu e também ao inferno, me tira a paz e também o sossego, me deixa cabreiro, como uma criança, tremendo de medo desses seus lindos olhos negros, as mãos suando, os pés gelando e o coração palpitando, quase parando, não sei o que fazer; me diz o que deve ser? Tem cura? É grave? Tenho até medo de saber, mas preciso entender o porquê que sempre quando te vejo me sinto estranho, tenho certos desejos, pensamentos constantes: vontade de te abraçar, acariciar teus lindos cabelos, te dá milhões de beijos, sentir seu cheiro, te observar mediante ao espelho, rodopiar contigo no salão como se fora um pião ao som da canção que marcou nossas vidas, grudar meu corpo ao seu, de modo que ninguém saiba dizer com precisão quem és tu e quem sou eu; não te largar um só instante, ser na tua vida presença constante, ser o chão que tu pisas, o ar que tu respiras, o cair da noite, o raiar do dia, o sopro da tua vida, a pessoa em que tu pensas, aquilo que te inspira, a água que te banhas e que bebes, a comida preferida, da tua boca a saliva, o botão da sua camisa, as suas roupas intimas, o seu creme dental, a escova de dente, o pente, o perfume, o esmalte, os brincos, o Piercing, o batom que te acaricia os lábios nas noites calientes, o seu amor pra sempre, assim sou eu em ralação a você: imprevisível, irreconhecível, incoerente, passional, irracional, sedento por sexo aos extremos, uma fera no cio confesso, por favor ver se me entende.

 Adilson A. da Silva

 http://adilsonconectado.blogspot.com/