Páginas

Seguidores

segunda-feira, 9 de junho de 2014

ESCRITORES A CAMINHO DA LITERATURA.


O Objetivo da Revista Noticia do Momento, é, trabalha em prol dos escritores e de seus apoiadores. Temos escritores com grande potencial no brasil, mas ainda precisa de muita apoio para tornarem seus sonhos em realidade. Graças a Liberarti estamos tendo a oportunidade de estar demostrando nosso trabalho literario ao mundo. Estamos unidos nessa corrida, para conseguir alcançar nosso lugar ao sol. A Revista Noticia do Momento agradece a participação de todos os menbros do Mundo do escritor na Comunidade G+ e também do Grupo Mundo dos escritores do Facebook. Convido os a vir participa da Comunidade e também da Liberart. Este Site tem nos ajudado muito e merece total admiração e facilitações pelo apoio que tem dado a nos pequenos escritores.
 Maria José dos Santos Ferreira

sexta-feira, 6 de junho de 2014

Por Adilson Adalberto " Uma homenagem "24 de Maio, 100 anos do coreto de Itabaiana.

24 de Maio, 100 anos do coreto de Itabaiana. 
Considerada como a mais importante obra histórica, artística e cultural de Itabaiana – Paraíba, o coreto fez 100 anos no último dia 24 de Maio: Importado da Inglaterra teve o começo da sua montagem e construção em dezembro de 1913 e foi inaugurado no dia 24 de maio de 1914, pelo seu idealizador e prefeito da cidade Manoel Pereira Borges. Cravado em uma praça antes ordenada de pinheiros, embelezava a entrada da cidade e encantava as pessoas oriundas de João Pessoa via pilar ou una destinada á terra de Zé da luz. Hoje, a praça onde se localiza o mesmo (Manoel Joaquim de Araújo), encontra-se em estado lastimável pela constante presença de barracas de bebidas (alcoólicas), conseqüentemente pessoas embriagadas e drogadas, bem como de mulheres promíscuas, além de uma rodoviária muito mal planejada e desorganizada, com déficit de higiene incrível e, diga-se de passagem, a muito já deveria ter sido transferida dali! Diz a história e os moradores mais antigos da cidade; que o coreto foi palco de memoráveis retretas e discursos políticos. Nele estiveram presentes em campanha política, o então senador Epitácio Pessoa, Presidente da República no período de 1919 a 1922.
O Café Filho, outro futuro Presidente, defendendo as candidaturas de Getúlio Vargas e João Pessoa para Presidente e Vice-Presidente da República. No entanto tendo em vista o seu estado avançado de deterioração, necessita urgentemente de uma restauração. O coreto foi tombado pelo decreto Nº 8.660, de 26 de agosto de 1980, do Governador Tarcísio de Miranda Burity. Sendo assim, toda e qualquer reforma só poderá ser realizada com a anuência do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico do estado da Paraíba. Fonte: Associação Cultural Memória Viva às 20:51 100 anos se passaram desde a sua inauguração até os dias de hoje; e no intuito de resgatar um pouco da tradição e cultura que outrora havia, nós que compomos a orquestra “Som do Coração”, fizemos uma singela homenagem a esse patrimônio publico - subimos ao palco onde já estiveram presentes grandes políticos e artistas. Agora só apenas crianças e jovens que carregam em seus ombros o peso de uma cultura e tradição quase extinta, lembradas ocasionalmente nos livros de história, ou uma única vez no ano, em decorrência de seu aniversário, e ainda assim, de forma muito tímida! “Em “nosso repertório, coisas básicas, duas composições clássicas da cultura espanhola: “Bravo” e” todos a mirar”, além dos clássicos de nossa cultura regional nordestina: “Eu só quero um xodó” (Dominguinhos), “Sabiá” (Luiz Gonzaga e Zé Dantas), “Asa branca” (Luiz Gonzaga e Humberto Teixeira). Enquanto tocávamos, nos olhávamos uns para os outros e também indagávamos cá com os nossos botões: afinal, cadê o público, aonde anda o povo dessa terra tão sofrida e esquecida? Poucos se deram ao menos o trabalho, de ao menos por alguns míseros segundos, pararem e ouvirem ao som que estávamos executando! 
Ao final de nossa apresentação, registramo-la com fotos para que num futuro vindouro, não padeçamos do mesmo mal, caindo também no mar do esquecimento; pelo menos não por nós membros! 
Fizemos ainda uma dinâmica, como é de costume aos sábados antes dos ensaios da nossa orquestra. 
E nos dispersamos para os nossos lares, com a sensação do dever cumprido e, continuamos como os nossos ensaios, e tocando como era de se esperar, as nossas vidas!

http://adilsonconectado.blogspot.com/