Páginas

Seguidores

quinta-feira, 27 de fevereiro de 2014

Por Adilson Adalberto. "Soneto: Só pensando.


Vou fazendo aqui a minha toada, 
 Só pensando nas curvas generosas da minha amada,
 Nos seios fartos e apetitosos,
 Na boca carnuda e encarnada. 

Nos cabelos compridos lisos e sedosos, 
 Nos lindos olhos verdes cor de mata, 
 Na sua pele macia e bronzeada, 
 No perfume que escorre em teu colo, feito água de cascatas...

 Nas suas coxas grossas, 
 Na calcinha sempre exposta, dentro dessa mini-saia cor mostarda, 
 Nas inesquecíveis cruzadas de pernas, que quase de vez me tiram a fala.

 No seu jeito de ser desinibida, despojada e assanhada, 
 Nas nossas noites de orgias, fantasias, sexo selvagem em plena madrugada, 
 Nas eternas juras de amor, em baixo do cobertor ou d’água.

http://adilsonconectado.blogspot.com/

Por Adilson Adalberto "Soneto: Só queria.

Queria te dá um beijo, 
Matar meu desejo,
 Saciar a minha sede,
 Balançar sua rede, pra você dormir.
 Soneto: Queria... 

 Queria te cobrir de cheiro, 
 Enrolar-me em seus lisos e sedosos cabelos, 
 Ser seu sabonete embaixo do chuveiro,
 Na cama ser o seu travesseiro...

O seu cobertor nas noites de frio, 
O seu médico e você a minha paciente,
Queria ser o seu ombro amigo, o seu confidente.

Queria te ver assim, sorridente, com esse jeito dócil, meigo e inocente, 
 Especialmente quando eu estiver presente... 
Pra que eu possa desfrutar de seu sexo quente, sempre! 

 http://adilsonconectado.blogspot.com/

Por Walter Leite Castro "Tempo"


O tempo!
para pensar! O tempo!
 O tempo passa,futuro é presente, e, presente é passado, história ,memória;
 Mas o agora, o instante ,é passagem;
 Uma porta,um acontecer eterno suceder;

Mas indiferente o tempo vai,marcando!
 Determinando,girando, transformando;
 O homem,os amores ,as dores ,alegria ;
 Tudo é um acontecer ,suceder,vir a ser!

Os acontecimentos,o bom e mau ,vão!
 O anseio do homem é parar o tempo
 Eis a grande questão,permanecer, ser;
 Mas,nada ,nada , fica estancado,parado;

Fui criança,jovem, homem, cada faceta um ser.
 Mas , sei que sou este ser,do menino ao velho;
 Portanto , o tempo,ele não dispensa,descansa;
 Brincou comigo, marcou meu rosto, minha alma.

 Hoje transpareço em meu semblante ,o tempo.
 Que intransigente ,me consome,me come , devora;
 Mas, agora não luto, agarro,prendo, não desespero;
 Pois, sei que aqui ,tudo é um suceder,acontecer,devir.

Por Walter Leite Castro."Raiva"


Raiva! para pensar!
 Raiva! Raiva é um sentimento nefasto,por isso os budistas afirmam:"Nutrir raiva sobre uma pessoa é tomar um copo de veneno para a outra pessoa morrer".Mas, a raiva geralmente manifesta um medo inconsciente;além de ser uma projeção de um defeito negado,lançando no outro a culpa,eliminando a intensa dor produzida pela culpa. Raiva é um péssimo negocio,mas não é fácil elimina-la,por que?Porque, a negação inibe toda possibilidade do auto conhecimento,e sem auto conhecimento não existe recuperação.Então o que fazer para eliminar a raiva?É importante atenção aos sentimentos ,pensamentos eliminando os negativos.Outro procedimento importante é o perdão.Mas, existe bastante preconceito sobre o perdão,associando o perdão com fragilidade.Pois ,o perdão é força, terapêutico,pois todo perdão elimina a culpa inconsciente ,além de cortar a projeção de defeitos para o outro. Contudo,os males da raiva são bem maiores ,pois gera ressentimento,estraga as relações ,além de envenenar o organismo,podendo causar a morte prematura,fato bastante comum.No entanto,uma boa vontade aliada a uma honestidade pessoal poderá erradicar completamente a raiva .Sei que não é fácil, mas é possível com persistência e determinação a recuperação das emoções,eliminando os ressentimento,e os sentimentos de vítimas.Porque tudo que ocorre ao homem é com seu consentimento,neste sentido Sartre tem razão ao afirmar:"O importante não é o que fazem conosco,mas o que fazermos com o que fazem conosco". Contudo é importante a pessoa eliminar a raiva no início em seu nascedouro, pois se deixa-la crescer,ela se transformará em um monstro poderoso.Assim, fica patenteado a nocividade da raiva , um veneno para saúde física e emocional.